fbpx

Publicado em

FGTS Futuro deve ser aprovado em março para facilitar compra da casa própria

O FGTS Futuro, proposta implementada pelo governo brasileiro, pretende facilitar o acesso à casa própria para famílias de baixa renda, inicialmente focando nos beneficiários do programa Minha Casa, Minha Vida. A medida permitirá que trabalhadores com carteira assinada comprometam parte do depósito mensal do FGTS, de 8% do salário, para complementar a renda na obtenção do financiamento habitacional. Assim, trabalhadores poderão optar por unidades de maior valor, pagando prestações menores.

A nova modalidade está em processo de regulamentação pelo Conselho Curador do FGTS e deve ocorrer sem polêmicas na próxima reunião do Conselho em março. Se aprovado, famílias que ganham até R$2.640 mensais poderão complementar o pagamento de prestações habitacionais com o valor que o empregador ainda vai depositar na sua conta vinculada do FGTS, demonstrando capacidade de pagamento para conseguir um financiamento.

A expectativa é que o uso do FGTS Futuro ajude a diminuir o déficit habitacional e melhore a vida para milhares de famílias em todo o país. Fontes consultadas pelo jornal Valor Econômico, e que participam da elaboração da resolução, afirmam que a mudança fará com que uma família possa comprometer até 30% de sua renda com o financiamento do imóvel no FGTS futuro. Hoje essa porcentagem está em 25%.

Fonte: O Globo e Valor Econômico

Gostou do artigo?


Podem ser do seu interesse

Poxa... Já vai embora?

Temos muitas outras opções para você.

Chame um dos nossos especialistas no WhatsApp 👇