fbpx

Publicado em

Construtora de Balneário investe mais de R$ 1 bilhão no primeiro WTC Agro do mundo

Região que responde pela maior produção mundial de grãos, o Norte do Mato Grosso vai sediar o WTC Agro, empreendimento do World Trade Center que será o primeiro voltado ao agronegócio. A iniciativa é da construtora Haacke Empreendimentos, de Balneário Camboriú, que vai investir de R$ 1,3 a R$ 1,5 bilhão para construir 15 torres, incluindo a Sky, única numa rótula de 5 mil metros quadrados de terreno. O Valor Geral de Vendas (VGV) estimado é de R$ 3,5 bilhões.

O contrato com o WTC foi assinado na noite desta quinta-feira, em Balneário Camboriú, durante o 1º Fórum do Investidor. Segundo Douglas Haacke, diretor e sócio da construtora, serão 600 mil metros quadrados de área construída, para sediar escritórios de grandes empresas do agronegócio que atuam no Mato Grosso, além de empresas de shopping centers, hotel, hospital e outros empreendimentos. O plano é ter uma unidade da rede Sírio Libanês.

- Quando conversamos com o World Trade Center, eles informaram que precisavam de um argumento forte para se instalar em Sinop. Qual é o argumento: região maior produtora de grãos do mundo, estado maior produtor de grãos do mundo, no país de maior produção agropecuária do mundo e no centro da América Latina. Quando a gente conseguiu expor tudo isso, eles aprovaram o empreendimento – explica Douglas Haacke.

A aproximação da empresa com Sinop e o Norte do Mato Grosso ocorreu porque empresários do agronegócio da região passaram a comprar imóveis da Haacke em Balneário Camboriú. A construtora, que tem 32 anos de atuação, com esses clientes viu que o “Nortão” daquele estado tinha potencial econômico e abriu uma filial em Sinop. O projeto será desenvolvido em oito etapas.

Essas parcerias entre empresários do Sul do país e da região Centro-Oeste também motivaram o avanço da franquia WTC para a região. Quem lidera essa bandeira é o fundador do Ascensus Group, de Joinville, Vanderlei Palhano da Cruz, que nomeou a empresária catarinense Daniella Abreu como executiva.

- O WTC já está bem estabelecido no Sul do Brasil, com presença em Curitiba, Joinville e Porto Alegre. E agora estamos avançando também com contratos em Brasília e Sinop. Isso mostra a importância da marca e a relevância do trabalho que vem sido feito - afirma Daniella Abreu, presidente do World Trade Center Curitiba, Joinville e Porto Alegre, que assume agora a presidência do WTC em Brasília e Sinop.

A assinatura entre a Haacke e o WTC aconteceu durante o 1º Fórum do Investidor, evento que reuniu em Balneário Camboriú cerca de 50 empresários de diferentes segmentos, como da construção civil, do varejo, do mercado imobiliário, entre outros, de toda Santa Catarina e de Mato Grosso.

Segundo Daniella Abreu, o fórum foi uma amostra do Business Club WTC (Clube de Negócios), que tem como foco reunir empresários para networking e, futuramente, a formação de um grupo de investidores. Além de um jantar no restaurante Amaité Praia, em Balneário Camboriú, o evento contou com a palestra de Vitor Bidetti, sócio-fundador e CEO da empresa focada em ativos de base imobiliária, Integral BREI.

Complexo do WTC em Balneário

Motivado com a evolução do projeto em Sinop, Douglas Haacke adianta que fará um WTC também em Balneário Camboriú. O foco seria no turismo, mas outras atividades também poderão ser impulsionadas com um WTC.

Fonte: NSC Total - Estela Benetti - 21/10/2022 - 06:20

Gostou do artigo?


Podem ser do seu interesse

Poxa... Já vai embora?

Temos muitas outras opções para você.

Chame um dos nossos especialistas no WhatsApp 👇